terça-feira, 1 de novembro de 2011

Manias de pobreza na academia #3


Continuando a série de post sobre pobres frequentadores de academia, vamos conferir mais algumas insuportáveis manias presentes nesse ambiente de suor, sedução e piriguetismos! Vem, gente!

Dublagem com Mp3 > Ai, quem nuooonca neah? Olha, a gente sabe que a empolgação é grande, a bateção de cabelo do seu MP3 é BBD (babado abreviado), mas não precisa soltar a franga pra geral, isso dá impressão que você acabou de adquirir este equipamento de ultima geração que é o seu iPod da china. Beijos
Fazer a abusada> O que custa encontrar as bees na acadji e fazer aquela saudação? Tem coisa mais pobre e mal amada que fazer a abusada e antissocial? Seja uma DIVA, saiba sorrir e cumprimentar as pessoas do seu convivo! Tchauzinho de miss pode fazer toda diferença.
Estamparia >  Não há nada mais repugnante que dividir o mesmo espaço com uma pessoua toda trabalhada no exagero de informação. Me refiro àquelas amapôs que surgem do bueiro do mau gosto com malhas super recheadas de celulites e desenhos abstratos, ou,  quando não, pele de cobra, floral, CAMUFLADO. Eu vejo a morte nessas horas
Polaina > Eu amo essa coisa que a moda tem de querer resgatar um pouco a sua própria história e tá sempre se reinventando em cima disso. Ok, falei bonito, agora eu vou gongar. A polaina é o tipo de acessório que você, querida leituóra, não ressuscita. Deixa ela lá, guardadinha com as naftalinas, naquele seu armário divido em 24 vezes nas casas Bahia.
Bomba > Já repararam que besha poúbre tem mania de aparecer, né? Ela sempre arruma um jeitinho pra se destacar das outras. O pior é quando ela incorpora esse espírito no corpo. Daí, o que ela faz? Toma bomba! POBRE POBRE POBRE POBRE POBRE. Aproveita e injeta óleo mineral DESGRAÇADA! Tirando a banda uó, não existe coisa mais uó!
Fazendo o banheirão > Pra uma besha esperta, qualquer lugar é propício a uma boa caça e, porque não, pegação? Ok, quem sou eu pra gongar o espirito hunter das minhas queridas leituóras? Mas, vamos combinar, largue de ser tão viciosa ao menos nesse ambiente super desagradável e tenso. Você tá cercada de bofes possivelmente héteros, ou seja, tá correndo o risco de levar um belo de um tabefe no meio dessa cara, ao mexer com o bofe errado. Então deixe pra fazer o banheirão na buatche, que também não é nada rico, mas tudo bem...
Eliminação de gases > Se a senhora exagerou na dose do suplemento, a gente não tem nada a ver com isso. Então, se viu que tá folgadinha e não vai conseguir segurar essa proteína querendo sair de você, gata, fica em casa! Largue a mão de ser porca! E não vem tirar minha força com essa catinga!
Limpar a máquina > Sabiam que o TOC da limpeza é a doença que mais ataca as pessoas pobres? Tudo graças ao maldito jargão “sou pobre mas sou limpinha” Gente, espírito de diarista tem limite. Falo isso porque tem gente que limpa todos os aparelhos antes de usar. Ai, não!!! tem máquina que de fato a gente limpa, mas TODAS? Dá licença

2 comentários:

  1. Ta. Adorei. Mas só lindo maquina quando uma certa homofobica passa por ela, sem falar dos colchonetes.

    ResponderExcluir
  2. Falou e disse! Tenho ojeriza de quem limpa todas as máquinas da academia. Não quer ter contato com os outros, fica em casa sua linda!

    ResponderExcluir