quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

O bofe apareceu de calcinha na hora H!



Seu namorado passou um tempo na Europa, fazendo aquele intercâmbio maldito, enquanto você ficou aqui, na base da sirica via skype. Eis que ele volta pra te tirar dessa solidão. Você percebe que ele mudou, tarsiachando mais moderno, mais varngarda. Normal, toda bee quando volta dessas viagens ficam meio loucas. Ok, até aí tudo bem, você sabe que com um mês ele volta a ser aquela brejeira de antes. O problema acontece quando vocês vão pra cama, matar aquela saudade. Atenção no diálogo!

Você: ai amor que saudade, to louca de tesão, vemk!
Ele: Ai amor eu também, que tudo tá com você, de volta!
Você: Vem acaba comigo, sou toda sua (gemidos)
momento de esfregação... e depois uma pausa

Ele: Môr, eu tenho uma surpresa pra você
Você: Aiiinn sério, adoro surpresas!!! O que é? Conta logo que eu tô loca!
Ele: Espera um pouco, vou no banheiro e já volto!
Você: Vai!!
Ele: Fecha os olhinho morzinho!

Ok, você louca de tesão obedece! Ele volta e pede pra você abrir, quando você abre o seu olhinho lindo...  O bofe está de calcinha!!!! Você: MORTA, EMBALSAMADA and enterrada depois de 15 dias de velório!!!   

"minha reação por fora: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAH
minha reação por dentro: CARALHOOOOO QUE PORRA É ESSAAAAAA????
minha reação física posterior ao trauma inicial: TACANU A PORRADA NELE E APANHANDO DE VOLTA. (mas quem se importa em apanhar de volta numa situação dessas né? eu ia fazer de tudo pra dar uma surra muito bem dada nele. Nos ovos de preferência.)"

Pedro ficou passado com a pergunta, ainda estamos esperando alguma reação textual.




"Acharia o máximo! Inovações, brincadeiras e surpresas na cama é sinal de que o sexo continua com o gás todo e que ele está disposto a encarar qualquer desafio em quatro paredes comigo. Primeiro acharia graça da decoração toda, afinal, não é sempre que vemos o bofe em uma situação cômica and sexy. Depois entraria no jogo dele pra saber a finalidade do adereço, levaria tudo numa boa. Se ele não fizer isso comigo, na nossa intimidade, com quem poderia fazer, néam!? 
Seria um ótima surpresa, com certeza!"


"Sempre achei que a única coisa que o amor não sustenta na intimidade é um ver o outro ejetando a aguinha da chuca na hora dos ritos pré-acasalementais na casinha. Mas esta pergunta me fez rever tal conceito. Imaginando a cena, presumo que meu pau passaria por uma sensação tão terrificante de queda livre em um penhasco, tamanha seria a brochada, que para aliviar o trauma só amarrando a criatura (ainda de calcinha), empacotando e despachando num avião cargueiro de volta pro país em que ela aprendeu essa ofensa em forma de travequismo."

2 comentários:

  1. grande frescura vei. no final das contas ele vai estar nu mermo.

    ResponderExcluir
  2. _1 pergunta: essa calcinha seria comestível?

    ResponderExcluir